Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘alteração de hábitos’

Sedentarismo e alta ingestão calórica atrapalham a perda de peso

 

O balanço energético é o resultado da diferença entre o que comemos (nossa ingestão calórica) e o que gastamos (gasto energético total) e, quando esse resultado é adequado, mantemos um peso saudável. Entretanto, algumas pessoas, apesar de relatar uma ingestão calórica abaixo da mínima necessária para sua taxa de metabolismo de repouso (o que levaria a um balanço energético negativo e a conseqüente perda de peso), não apresentam uma diminuição satisfatória do peso.

Muitos autores concordam que os indivíduos obesos apresentem uma ingestão calórica elevada e medir esse parâmetro com o uso do diário alimentar não é tão exato. É bem conhecido que, quando o indivíduo está sendo observado ou “cobrado” de determinada maneira em sua rotina alimentar, acaba alterando seus hábitos, além de tender a trocar (no registro do que foi ingerido) alimentos mais calóricos por outros menos calóricos, diminuir suas porções ou, simplesmente, deixar de acrescentá-los à lista.

Um estudo da Universidade de São Paulo (USP), de Rodrigues et al, avaliou o registro alimentar de 77 mulheres obesas, divididas em três grupos, de acordo com a sua ingestão calórica – alta, baixa ou normal. Houve diminuição de peso somente para aquelas com baixa e normal ingestão calórica, quando comparado o peso corporal antes e depois do registro alimentar. Levando em consideração a composição da dieta, todos os grupos apresentavam alta ingestão de lipídios (37%), ou seja, acima do recomendado, o que implica risco maior para a obesidade.

No estudo, mulheres obesas mantinham o excesso de peso não por apresentar baixos valores na taxa de metabolismo de repouso, mas sim pela ingestão calórica não tão baixa como relatado no diário alimentar. A baixa ingestão calórica foi correlacionada ao baixo gasto com atividade física diária.

E, como conclusão, existiu uma tendência à subestimação ou mesmo à omissão da ingestão calórica nas mulheres estudadas, sendo que a manutenção do peso corporal ocorreu pela diminuição da atividade física, principalmente durante o final de semana.

Read Full Post »