Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘saúde e internet’

A impaciência dos doentes que querem ser consultados por trás de um computador…

Não é nada incomum recebermos pedidos de avaliações de exames e de opiniões diagnósticas por comentários em nosso blog. E, quando não encontram as respostas como queriam, alguns insistem ou agridem com novos comentários, desgostosos da vida, reclamando sobre a falta de resposta técnica sobre seu caso clínico. Outros poucos, mais ousados, dizem que a médica não precisa temer “perder dinheiro”, desrespeitando e mal entendendo o propósito de um espaço de informação médica séria e ética.

Promover a saúde é diferente de prestar consulta por e-mail ou telefone e o cuidado com a informação prestada e as suas relações já, há muito tempo, foi ementa do Conselho Regional de Medicina e pode ser facilmente consultada por todos, em livre acesso:http://www.cremesp.org.br/?siteAcao=PesquisaLegislacao&dif=s&ficha=1&id=3217&tipo=RESOLU%C7%C3O&orgao=Conselho%20Regional%20de%20Medicina%20do%20Estado%20de

Além disso, para aqueles mais atentos, puderam acompanhar pela mídia [sugiro um texto bem acessível:  http://noticias.r7.com/saude/noticias/conselho-proibe-consulta-medica-por-telefone-e-internet-20110818.html], a posição do Conselho Federal de Medicina, que, em minha opinião, foi uma garantia à confiança na relação médico-paciente – que se baseia em princípios morais – e evitando que haja qualquer desequilíbrio entre o nível de entendimento do paciente e a informação disponível, privacidade pessoal incerta ou mesmo informações médicas incompletas, tendenciosas ou imprecisas. Palavras podem ser claras para quem as escreve, mas nem sempre a mensagem chega assim para quem as lê.

Claro que também há benefícios nos websites gerais de informação em saúde e suas redes: as aplicações voltadas para a área educacional, acesso eqüitativo às informações, a transparência em disponibilizar conceitos que, se conhecidos pelos usuários, poderiam provavelmente afetar o entendimento e suas atitudes frente à doença.

Mas, o que gostaria de pedir aos usuários, que repetidamente confundem acesso à informações democratizadas com consulta médica propriamente dita, é que abram o precedente de pensar o que isto pode significar. Como expressar uma opinião de valor sobre uma pessoa que está doente, apenas olhando seus resultados de exames, sem conhecê-la pessoalmente em sua biografia e relações sociais, trazendo sua história clínica, sem examinar seu corpo? Não seria desumano dar um tratamento apenas “numérico” a um paciente? Será deste tipo de médico que alguém precisa? Ninguém quer ser mais um em nenhuma instância de sua vida. Porque as pessoas são únicas e importantes, sejam elas pacientes ou médicos.

Esta é a parte do post que responde porque não é “perder reais” ou uma mera questão financeira ou reserva de mercado que mantenho [como muitos bons colegas] a resposta: “Espero que compreenda que a informação médica via Internet pode complementar, mas nunca substituir a relação pessoal entre o paciente e o médico. Pelas suas limitações, não deve ser instrumento para consultas médicas, diagnóstico clínico, prescrição de medicamentos ou tratamento de doenças e problemas de saúde. A consulta pressupõe diálogo, avaliação do estado físico e mental do paciente, sendo necessário aconselhamento pessoal antes e depois de qualquer exame ou procedimento médico.”

Saber usar a distância entre as pessoas, estando escondido atrás de uma máquina que nos responde sobre quase tudo, pode ser uma grande saída para matar a saudade de um amigo distante, escolher o sapato de liquidação, acompanhar suas ações na bolsa. Garanto que também é um excelente meio de se atualizar – se pesquisar em bons sites –  sobre várias características das doenças. Mas são pessoas que ficam doentes. E cuidar é um ato de pessoa para pessoa. Não de pessoa para doença. Eu cuido. Exerço esta profissão. Ser profissional implica em ter honorários, dedicar-se ao estudo e pesquisa, gostar de gente. O bônus? Publicar posts para que muitos leitores possam compreender algumas das informações de saúde e endocrinologia. Boa leitura!

Anúncios

Read Full Post »